Diariamente, em qualquer jornal, alguns minutos são destinados ao mercado econômico. Taxas de juros, inflação, IPCA, cotação da bolsa de valores, IBOVESPA, e tantas outras siglas e nomes fazem parte deste noticiário. Porém, poucas as pessoas que realmente conseguem entender, ou conseguir usar essas informações para melhorar a  rentabilidade.

O IPCA, por exemplo, é um dos índices mais importantes da nossa economia. As notícias sobre as suas variações e os seus impactos na economia são temas frequentes nos jornais. 

Mas, você sabe como o IPCA e a inflação acumulada podem te ajudar a ganhar dinheiro? Não? Então, continue a leitura deste artigo e veja como se beneficiar e ficar cada vez mais perto de conquistar os seus objetivos. 

O que é a inflação?

A primeira pergunta que deve ser respondida é: o que é inflação? Bom, a inflação nada mais é do que o aumento contínuo e generalizado dos preços. Pode-se afirmar, portanto, que quando os preços estão estáveis, a inflação é zero. 

Atualmente, a inflação é dividida em duas modalidades: inflação de demanda e inflação de custo. 

A inflação de demanda está diretamente ligada à produção disponível. Quanto maior for a quantidade do bem no mercado, menor será o seu preço. É comum que a inflação de demanda aumente à medida que a economia cresce e a quantidade de recursos disponíveis diminui. 

A melhor maneira de evitar a inflação de demanda se dá por uma política econômica baseada na redução da demanda, seja ela local ou global. 

Já a inflação de custo está relacionada ao aumento dos custos, que levam à redução na produção. Assim, afirma-se que os preços do mercado aumentarão, uma vez que a disponibilidade do produto diminuirá (Lei da oferta e da procura).

As principais causas da inflação de custo são os aumentos salariais, aumento do custo de matéria prima e a estruturação do mercado, que faz com que algumas empresas tenham de repassar os custos de produção ao consumidor final, mantendo a sua margem de lucro estável.

O que é o IPCA?

Agora que você já sabe o que é a inflação, está na hora de entender o conceito de IPCA. A sigla IPCA significa: Índice de Preços ao Consumidor Amplo. Esse índice é medido mensalmente pelo IBGE, com o objetivo de verificar a variação dos preços do comércio. 

O IPCA é considerado o índice oficial da inflação, ou deflação, pelo Banco Central. Sendo assim, ele reflete o custo de vida de famílias que possuem renda entre 1 e 40 salários mínimos. O IBGE obtém esses dados em nove regiões metropolitanas: São Paulo,  Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Belém, Curitiba, Fortaleza, Salvador, Goiânia e Brasília. 

As principais despesas calculadas pelo IPCA são aquelas relativas à moradia, alimentação, higiene pessoal, artigos para casa, despesas pessoais, educação, transporte, vestuário e comunicação.

Qual a relação entre o IPCA e a inflação?

Essa é uma dúvida muito comum, mas bem simples de solucionar. Se o índice IPCA sobe, é certo que alguns dos itens que o representa, também, sofrerão um reajuste de preço para cima, ficando mais caros. 

Em contrapartida, se o índice IPCA sofre um decréscimo, pode-se afirmar que os preços dos produtos subiram menos, quando comparados com o período anterior. É importante atentar para o fato de que a queda do IPCA não representa a queda dos preços. 

A queda dos preços é evidenciada pelo IPCA negativo. Assim, teremos uma deflação no mercado e os produtos em questão apresentarão queda nos preços. 

E a inflação acumulada?

A inflação acumulada é um dos índices mais importantes a serem acompanhados. Com ele é possível ganhar dinheiro e entender como está a movimentação do mercado econômico. 

Para saber quanto foi a inflação acumulada em um período determinado, pode-se utilizar a calculadora do Cidadão, oferecida pelo Banco Central e disponível na internet.  Com esse recurso, é possível saber a inflação acumulada no último mês ou em qualquer período que você deseja. 

Além disso, é possível verificar qual será a correção monetária de determinados valores. Pode-se verificar qual a inflação oficial para determinado mês e corrigir uma quantia monetária de, por exemplo, R$1.000,00, de acordo com o índice do período escolhido. 

Mas, como a inflação acumulada pode me ajudar a ganhar dinheiro?

Se você entendeu o conceito de inflação, os aspectos do IPCA e o que significa inflação acumulada, certamente você deve estar se perguntando: como a inflação acumulada pode me ajudar a ganhar dinheiro? 

Bom, dentre a variada gama de investimentos disponíveis no mercado, existem algumas modalidades que são atreladas ao IPCA ou à inflação. Deve-se evidenciar, a propósito, que o principal objetivo de um investimento é garantir o poder de compra do dinheiro. Em outras palavras, os rendimentos de suas aplicações devem ser, sempre, igual ou acima das taxas de inflação. 

A vantagem de se escolher as modalidades de investimentos que estão atreladas a esses índices é que, geralmente, eles apresentam rendimentos superiores às taxas de inflação. Sendo assim, em momentos de alta, essa pode ser uma grande oportunidade para a rentabilidade de seus títulos. 

Quais são os investimentos atrelados ao IPCA?

Existem algumas modalidades de investimentos disponíveis no mercado que possuem, como rentabilidade, taxas diretamente ligadas ao IPCA. É possível, por exemplo, investir em títulos do Tesouro Direto e outras modalidades. 

Em termos de Tesouro Direto, o investidor pode optar pelo Tesouro IPCA ou Tesouro IPCA com juros semestrais. Ambas as opções garantem a rentabilidade atrelada a esse índice. A diferença é que a primeira opção contempla a variação do IPCA, acrescido de uma taxa de juros preestabelecida. Já a segunda opção permite a retirada semestral, evitando que o seu capital fique preso por completo. 

É possível, também, investir em LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras de Crédito do Agronegócio). Ambos investimentos são atrelados ao IPCA e possuem acréscimos de acordo com o seu respectivo mercado, imobiliário ou agronegócio. 

Por fim, mas não menos importante, é possível aplicar o seu montante em CDBs (Certificados de Debêntures Bancários). Essa é mais uma modalidade de investimento que permite o aproveitamento da inflação acumulada, fazendo o investidor ganhar dinheiro. 

O conhecimento sobre inflação acumulada e a variação do IPCA pode ser extremamente vantajoso para você. Além de se tornar uma excelente oportunidade para ganhar dinheiro, esse conhecimento te deixará mais perto do mercado econômico, fazendo com que você entenda os noticiários e, também, que você saiba aproveitar as oportunidades de investimentos. 

Lembre-se, antes de iniciar os seus investimentos e tentar utilizar o IPCA e a inflação acumulada para ganhar dinheiro, procure por especialistas na área. Eles te ajudarão a identificar o seu perfil de investidor, a sua tolerância ao risco e à segurança, e, certamente, te colocarão no caminho do sucesso. Não deixe essa oportunidade para depois. 

E aí, o que achou do nosso artigo? Compreendeu como a inflação acumulada e o IPCA podem te ajudar a ganhar dinheiro? Então, que tal compartilhar esse artigo em suas redes sociais e ajudar os seus amigos? Contamos com você!

Guia Pratico 2.0 Investindo em Tesouro Direto