Leitora Luiza pergunta: Quero fazer um investimento. Vou iniciar com uma aplicação de R$ 3 mil e vou colocar R$ 1 mil por mês por dois anos. Quais são as melhores opções para investir?

Assessor de Investimentos da Pense Investimentos, Felipe Assunção responde:

É um aporte inicial pequeno. Então, é preciso procurar aplicações que não exijam valores maiores.

Uma boa opção são os chamados Fundos Referenciados DI. Eles rendem o que o CDI está pagando no período. Hoje, por exemplo, está 14,14%. Mantendo-se como hoje e tirando a tributação, ainda rendem mais de 12% além da poupança.

São fundos conservadores. Aplicam muito em título público e alguns ativos de baixo risco. A leitora está acumulando patrimônio. Então, não pode correr risco.

Fundos DI têm movimentação mínima de R$ 500 até R$ 1 mil. Ou seja, ela consegue colocar todo mês o valor que pretende. Outras aplicações exigem valores maiores.

Às vezes, com valores baixos de aplicação, não consigo comprar diretamente ativos como CBD, LCI e LCA. Então, aplica-se via fundo de investimento.

A tributação começa em 22,5%. Vai caindo. Se ela sacar depois de dois anos, pagará 15% de Imposto de Renda.

Comentário do blog Acerto de Conta$: São valores baixos e o tempo de investimento é considerado curto. Mas isso não tira o grande mérito da decisão da leitora de investir e guardar dinheiro para um objetivo. É o primeiro passo para pegar o gosto por fazer o pé de meia.

Fonte: Leitor pergunta. Blog Acerto de Conta$.

Guia Pratico 2.0 Investindo em Tesouro Direto