Entenda quanto dinheiro você pode estar perdendo com investimentos na caderneta

Se o seu dinheiro ainda está parado na caderneta de poupança, saiba que, além de deixar de ganhar, você está perdendo dinheiro. Ou melhor, o seu dinheiro está perdendo poder de compra. Aplicando nas Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e nas Letras de Crédito do Agronegócio (LCA), seu dinheiro poderia estar rendendo quase 80% mais do que na poupança. As Letras de Crédito são produtos de renda fixa que vêm atraindo milhares de investidores do Brasil, devido à sua segurança, alta rentabilidade e isenção de IR (Imposto de Renda) para pessoas físicas.

Considerando um CDI (Certificado de Depósito Interbancário) de 14,13% ao ano e o rendimento anual da poupança em 8,09% como base, quando uma LCI ou LCA paga 100% do CDI, ela rende 75% mais do que a caderneta de poupança. Esses investimentos, assim como a poupança, também contam com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para aplicações de até R$250.000,00, por banco e CPF. Ou seja, caso o banco entre em processo de falência, respeitando esse limite de valores, o investidor recebe de volta esse valor e não tem prejuízo.

Agende agora sua consulta com um de nossos especialistas.

Além disso, as Letras de Crédito ainda são isentas de Imposto de Renda para pessoa física, apesar de uma tentativa recente do governo de taxar essas aplicações. Por isso, esse investimento segue sendo rentável, seguro e isento de impostos.

A única desvantagem das LCA e LCI em relação à poupança é que elas não contam com liquidez diária, pois o governo federal determinou que o prazo mínimo para este investimento é de três meses. Por isso, é importante ter em mente os objetivos pelos quais você está investindo o dinheiro e buscar aplicações que estejam adequadas à data em que você precisará utilizar estes valores. Se você quer investir para poder comprar um carro em um ano, por exemplo, a dica é investir em uma LCI ou LCA com o prazo de vencimento para um ano, assim você recebe juros mais altos como benefício de abrir mão da liquidez.

Se você quer saber mais sobre a diferença de rendimento entre suas aplicações atuais e possíveis investimentos, clique aqui e confira a ferramenta online gratuita que oferecemos a você.

Guia Pratico 2.0 Investindo em Fundos Imobiliários