Qual o risco de uma aplicação em previdência privada, em caso da instituição seguradora que administra o investimento entrar em processo de liquidação extrajudicial?

botão ferramenta

O risco de perda dos recursos aplicados é significativo, já que esse processo acontece somente em duas situações:
– Quando é reconhecida a inviabilidade da entidade de previdência complementar se recuperar
– Quando não há condição para essa instituição funcionar

No primeiro caso, quem participa dos planos de previdência privada ficam com um privilégio especial sobre os investidores têm um privilégio especial sobre os ativos que servem de garantia das reservas técnicas, bem como privilégio geral, sobre outras partes não vinculadas do ativo. Mas, na prática isso quase sempre é ineficaz, já que a inviabilidade de recuperação de uma entidade de previdência privada só é reconhecida quando seus índices de liquidez e solvência estão muito prejudicados. Por isso, as pessoas que participam do plano perdem, muito provavelmente, todos os valores investidos.

Já na segunda hipótese, os investidores têm maiores chances de recuperação dos recursos. O problema é que o recebimento pode demorar muito tempo, dependendo do andamento do processo da instituição.

Por isso, é importante verificar a instituição em que você aplica, normalmente acredita-se que o investimento em uma seguradora seria tão seguro quanto aplicar em um grande banco. Mas, no primeiro caso, há maiores chances de quebra da instituição e, assim, de perda dos recursos.

Outro ponto importante é você saber em que sua previdência aplica os recursos, pois o maior risco está nos ativos que ela está aplicada, no próximo artigo Segurança Previdência 2º Parte, você vai entender na pratica como enxergar o risco de sua previdência.

De maneira geral, não há grandes motivos de preocupação, já que a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) realiza a fiscalização deste mercado no Brasil e vem fazendo seu papel com eficácia. Além disso, a legislação para esse tipo de investimento garante uma relativa segurança jurídica para a previdência privada.

Quer saber se a previdência privada é o melhor investimento para garantir uma aposentadoria confortável? Compare essa aplicação com outros produtos aqui.

Guia Pratico 2.0 Investindo em Tesouro Direto